quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

UMA CHAVENA DE CHÁ

Uma chávena de chá

Um sábio japonês, conhecido pela profundidade e justeza das suas doutrinas, recebeu a visita de um professor universitário que tinha ido inquirir acerca dos seus pensamentos.
O professor universitário tinha fama de ser orgulhoso, nunca prestando atenção às sugestões dos outros, julgando-se sempre na posse de toda a verdade.
O sábio quis dar-lhe uma lição. Para tal quis servir-lhe uma chávena de chá.
Começou por deitar o chá pouco a pouco. E logo a chávena se encheu.
O sábio, fingindo não dar conta de que a chávena já estava cheia, continuou a deitar o líquido até que este transbordou e começou a molhar a toalha. O velho japonês mantinha a sua expressão serena e sorridente.
O professor universitário viu o chá a transbordar e ficou sem perceber como era possível uma tal distracção, tão contrária às normas das boas maneiras. Mas, a dado momento, não pôde conter-se mais e disse ao sábio:
— Já está cheia! Não cabe mais!
O sábio, imperturbável, disse-lhe então:
— Tal como esta taça, também tu estás cheio da tua cultura, das tuas opiniões, de um amontoado de conjecturas eruditas e complexas. Como posso eu falar-te da sabedoria, que só é compreendida pelas pessoas simples e disponíveis, se antes não esvaziares a tua chávena?
O professor compreendeu a lição. A partir desse dia, esforçou-se por se “esvaziar” das suas certezas e por escutar as opiniões dos outros, sem desprezar nenhuma delas.

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

ESTE DOMINGO O AVÔ , FEZ ANOS,FUI ALMOÇAR A CASA DA MINHA MÂE E DO TIO JOAO

Com o avô Carlos

Avô, mae e tio Nuno
Tia Isabel, irmâ do avô e Carlota
Avô e tio Joao
O avô com a mae e tio Nuno

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

A MELHOR COLECÇAO DO MUNDO!

Todos nos em pequeninos, faziamos colecçoes, ou de cromos ou de outras coisas.Joao desde os 10 anos resolveu , fazer colecçao de tampinhas de latas, ou de coca cola ou outras bebidas, mas tinha sempre de ser ele a tirar e guarda-las.Durante estes 10 anos sempre foi fiel a sua colecçao!nao á lata nenhuma, que esteja na mesa dele que ele, nao tire a tampinha, a guarde,e a traga para casa relijioasamente para guardar.As vezes pede-me para guardar, mas nunca se esqueçe de me pedir , quando chega a casa, para as guardar nos cestos dele.Já dura á 10 anos.Acho fantastico!Que bom quando alguem nao desiste e nao se esquece.só contam as que ele tira e guarda.Não queremos records, mas apenas a colecçao feita apenas pelo Joao.!! UM MIMO!!!

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

UMA CARTA DA PRESIDENCIA DA REPUBLICA

Tenho um pai que gosta de escrever , ao Presidente da Republica, atraves do site da Presidencia, sobre muitos temas.
O ultimo foi , sobre mim, e recebemos esta resposta.E ele vai insistir, para que dê um grande raspanete ao Sócrates, de forma a haver mais ajudas , a deficientes, e a todos que trabalham com estes meninos.Que tanto se dedicam a estes meninos, mesmo fora de horas, sem nada receber por estes trabalhos a mais.E falar sobre a nova lei, de reenviar alguns meninos para ensino , normal, sem ter criado previamente condiçoes, e os perigos dessas atitudes e leis em cima do joelho.Novamente se esquecem das crianças!!!!!!!!!!!

domingo, 20 de janeiro de 2008

Neste Domingo fomos ao Jardim da Estrela e depois fomos visitar o meu amigo Ivan a paço de Arcos

Com o Ivan , que tem 35 anos, no café do Eduardo

Cozido a portuguesa na praia do saisa, organizado pelo Gaducho, neste sábado

O meu amigo muiiiiitooo especial, o Gaducho
Num dia lindo
Com o meu amigo Ferreirinha que gosto muito
Até a Guida veio do Porto
Com o Gaducho

sábado, 19 de janeiro de 2008

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

A NOVA BONECA BABY DOWN, NO DIA DOS REIS EM ESPANHA.

Recebemos isto, de uma amiga especial , de Amarante Marta Isabel, que largou o ensino normal de professora, para começar a trabalhar com crianças deficientes, onde tem feito um trabalho fantastico.O Joao Maria nunca gostou muito , de bonecas e brinquedos, talvez porque nao comunicam, e uma das coisas que tem , mais necessidade , é de ser compreendido, e as bonecas nao comunicam.Mas para outras crianças é diferente, e pedagogico.Lembro-me de uma historia ha uns anos do Joao , numa quinta, ele gostava de ir buscar os ovos, ao galinheiro, e ele discutia com as galinhas, porque elas nao faziam o que ele queria, mas o maroto, um dia zangou-se mesmo, e foi buscar a fox terrier, para impor respeito..as tantas tive de ir a correr, por causa dos gritos de uma galinha, o que era, o cao andava atras dela,,lolol

Aparentemente é uma boneca normal, mas quem prestar mais atenção notará os traços típicos de bebês com Síndrome de Down. O primeiro brinquedo com essas características chama-se Baby Down e é uma das novidades de sucesso do mercado espanhol para as celebrações do próximo dia de Reis, no domingo.

A boneca tem versões menino e menina. Os olhos, orelhas, nariz e a boca reproduzem os síntomas mais vísiveis da condição.

A língua fica para fora e os pés e as mãos são menores do que o normal. No pulso uma pulseira de recém-nascido com o logotipo da Associação Espanhola de Síndrome de Down.

“O objetivo é promover a integração. Que as crianças aprendam a conviver, aceitar e compreender as diferenças. Os brinquedos são uma grande ferramenta para ajudar na integração social. Se há anos surgiram as bonecas de raças diferentes, porque não uma com outras características especiais?”, disse Carmen Villar, diretora da empresa espanhola Super-Juguete, que fabrica e distribui o brinquedo.

Esgotada

A boneca custa R$ 65,00 dos quais R$ 8,00 vão para a Associação Espanhola de Síndrome de Down, que apoia a campanha.

Para o lançamento foram fabricadas três mil unidades que já estão esgotadas. E a fábrica tem pedidos também de outros países como Estados Unidos, França, Portugal e Itália.

A idéia era testar a aceitação na próxima festa do dia dos Reis Magos (seis de Janeiro), a data em que as crianças recebem os presentes, segundo a tradição espanhola.

A Associação Espanhola de Síndrome de Down (A.E.S.D.) defendeu o projeto, lembrando que os brinquedos representam heróis que nem sempre se correspondem com a realidade.

“Nem todas as crianças são como a Barbie ou tem a força ou a velocidade de super-heróis em miniatura. Na sociedade temos diferenças que nem sempre se projetam no mundo infantil por medo ou vergonha”, por isso essa boneca ajuda a promover o respeito , disse Isidoro Candel, pedagogo da A.E.S.D.

Baby Down tem também um folheto de instruções que explica aos menores as características da Síndrome e indica como brincar com outras crianças que possuem estes síntomas.

O manual ensina, por exemplo, a importância de distinguir cheiros, sabores, tatos e sons, contando que o maior desenvolvimento dos sentidos é um dos traços típicos dos bebês afetados pela Trissomia 21 (Síndrome de Down).

“A boneca não faz nada de especial. Sua diferença é o aspecto. Se nota principalmente os dedinhos separados e a língua para fora. Foi pensada para que as crianças passem a ver com naturalidade este tipo de problema”, definiu Pedro Cubells, inventor do brinquedo.

terça-feira, 1 de janeiro de 2008

A MINHA PASSAGEM DE ANO,COM SAUDE E MUITA DANÇA..

Em casa do Tozé e Sofia Fabião.Até as 6 da manha, super divertido



os donos da casa
A minha namorada do porto nos fins de ano, sempre a dançar, uma querida
Com o jeanpe